sábado, 9 de junho de 2007

Deixando Bem Claro


Só para esclarecer para aqueles que fazem do passado uma piada. Sou Flamengo. Vejam bem, não disse apenas Flamenguista. Sou Flamengo, como todo torcedor desse time, sou parte dele. Meu pai foi tricolor carioca. Lá em baixo tem maiores detalhes sobre os motivos desse e de outros amores. Mas para os incrédulos, os campeões de hoje e de outros tempos, fica o registro. A foto da camisa, foto antiga, camisa no chão, luz da sala. Um abraço.

3 comentários:

Felipe Campbell disse...

Nós, tricolores, sempre aceitamos novos cidadãos nas nossas fileiras. Não se acanhe. Você, no geral, é um cara de bom gosto. Não deixe que o futebol manche o resto das suas preferências.

Até no hino, o Flamengo teme o Flu ("No fla-flu, é o ai, Jesus").

Fernando Amaral disse...

Tem coisas que eu não brinco. Time de coração, por exemplo. Se o cara veste a camisa do Flu e põe a do Flamengo no chão, não há mais discussão. E ponto final!

Anônimo disse...

a a firmação de que "sou ..." não importa o que, se flamengo, se negro, se, se, se... o que importa são os "maiores detalhes sobre os motivos desse e de outros amores". não importa se o amor está ao rés do chão ou no pico de algo, importa sim a luz que ilumina o amor.....